Dicas

 

Quando a contratação de um serviço de táxi dog (transporte de animais domésticos) se faz necessária?  

dog drive

 

Muitas vezes na correria do dia a dia, não temos tempo para muitas atividades que são importantes, e devido a vários fatores acabamos impossibilitados de cumpri-las, dentre elas, o transporte de nossos pets para banho, tosa, vacinação ou consulta veterinária.

Tudo pronto para a mudança de bairro, cidade ou Estado, e até mesmo a empresa responsável pelo transporte dos seus bens já está com a coleta agendada, mas e os animais da casa? Transportá-los no carro da família? Junto aos móveis no caminhão da empresa de mudanças sem a certeza dos cuidados necessários? Só quem já passou por isso, sabe a agonia gerada.

Uma situação que faz parte do dia a dia de milhões de protetores de animais e pessoas engajadas na causa animal, o de ter um animal em situação de risco que precisa ser trazido para a cidade ou levado para outra para tratamento ou adoção, ou até mesmo para um atendimento veterinário de urgência. Nessas horas o transporte adequado e qualificado é fundamental.

Você tem uma feira, exposição ou competição para participação dos seus animais e não tem como transportá-los em seu veículo, seja pelo número de animais ou portes deles.

São várias as situações em que podemos necessitar de um transporte específico para nossos pets.

Conte com a gente.

 

Código de Trânsito Brasileiro – Sobre o transporte de animais em veículos automotores

ctb

 

Animal atrapalhando o motorista – (artigo 252): é infração média, penalizada com multa, dirigir o veículo com animal posto entre o motorista e a porta, ou com animal entre os braços ou pernas do motorista, resultando na perda de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Transporte perigoso – (artigo 235): considera infração grave o transporte de animais na parte externa do veículo, com a perda de cinco pontos na CNH.

Transporte seguro: o mais correto é transportar animais de estimação dentro do veículo, no banco de trás, em uma caixa de transporte ou em uma gaiola, conforme a espécie, sempre com atenção para não prejudicar a visibilidade do motorista. Cães podem também usar um cinto segurança especial para eles. Para o transporte de gatos, a caixa de transporte é sempre a forma mais recomendada, já que tendem a ficar assustados com o ambiente estranho e sons á sua volta no carro.

.

O serviço de táxi dog deve ter outros cuidados além dos fatores exigidos em lei:

Higiene e assepsia das caixas de transporte – A cada utilização as caixas de transporte devem passar por rigorosa assepsia antes de serem reutilizadas, garantindo assim que um animal não seja contaminado por transmissão do ambiente. A TáxiPet Pelotas utiliza o produto Herbalvet T.A., da Ourofino Saúde Animal, na higienização tanto das caixas de transporte após cada utilização, quanto do interior do veículo, garantindo assim segurança no transporte também quanto a evitar contaminações.

Veículo constantemente higienizado – Assim como as caixas de transporte requerem atenção, o próprio veículo utilizado como táxi dog por transportar vários animais diferentes, deve manter sempre uma higiene perfeita para evitar transmissão de doenças, e isso você sempre encontra no veículo da TáxiPet Pelotas.

Velocidade condizente com o transporte de vidas – Durante todo o itinerário em que seu pet é transportado o condutor do veículo deve ter regras de condução do veículo, como velocidade condizente evitando assim riscos e freadas bruscas, assim como também deve realizar manobras seguras e suaves em curvas, garantindo  uma viagem tranquila e confortável. As caixas de transporte devem ser fixadas ao veículo evitando também saculejos durante o trajeto.

Afinidade com os passageiros – Não basta transportar.  Um serviço de táxi dog tem que se importar com seus passageiros, os pets. Deve-se ter afinidade com os pets, compreendendo suas reações ao adentrarem em um ambiente até então desconhecido para eles e ter-se experiência o suficiente para acalmá-los transformando o transporte uma experiência agradável para eles a nunca algo traumático.